Violência sem limite

 

Concurso para Guarda Municipal será amanhã

23/02/2008 – 17h41m

 

As provas do concurso para Guarda Municipal de Salvador serão realizadas neste domingo (24). 24.551 candidatos vão disputar duas mil vagas.

Amanhã, serão realizadas as provas objetivas, eliminatórias e classificatórias, de língua portuguesa, matemática, história, geografia e atualidades. Em seguida, será realizada prova de títulos, apenas classificatória, e exames psicológicos, médicos e de aptidão física e avaliação do perfil biomédico, que correspondem a etapas eliminatórias. A Fundação Carlos Chagas é responsável pela execução do concurso.
   
Todas as etapas do concurso deverão ser cumpridas até a primeira quinzena do mês de maio, quando os classificados iniciarão o Curso de Formação em Segurança Urbana, com 160 horas de carga horária e ministrado por oficiais da PM.

Depois disso, um grupo vai atuar na proteção do patrimônio do município (Grupamento de Proteção ao Patrimônio do Município – GPPM) e os demais vão compor os outros sete grupamentos que atuarão em áreas específicas, organizados a partir de uma central de operações 24 horas, munidos com sistemas de rádio e viaturas.

O Grupamento de Patrulhamento Ostensivo (GPO) fará a vigilância em praças, bairros e logradouros públicos e o Grupamento de Ações Especiais (GAE) irá auxiliar os agentes de fiscalização da Secretaria Municipal de Serviços Públicos (Sesp) no ordenamento do comércio informal, além de outras ações de organização dos espaços urbanos.

A Guarda Municipal também prestará serviços de segurança ao turista, dando orientações e atendimento tanto nos pontos de visitação quanto nos espaços de fluxos, como rodoviária, portos e aeroporto, através do Grupamento de Apoio ao Turista (GAT). Outra atuação será nas proximidades das escolas, com o Grupamento de Ronda Escolar (GRE), quando os agentes, além de oferecer segurança aos professores e estudantes, deverão orientá-los sobre a conduta apropriada para evitar a violência nas áreas escolares.

Fonte: Ibahia – O portal da rede Bahia

 

 

 

 

 

 

 

Justiça empossa vice-prefeito de Uma

27/02/2008 – 15h38m

 

Assumiu a prefeitura de Una, na manhã de hoje (27), o vice-prefeito Davi Cerqueira dos Santos, do PSB. Ele foi empossado pela Justiça porque o presidente da Câmara de Vereadores está em Salvador.

A posse foi em cumprimento à determinação do juiz Ricardo Dias, que afastou, por tempo indeterminado, o prefeito Zé Pretinho, do PTB. Ele é acusado de irregularidades em um esquema de empréstimos consignados feitos ao Banco Matone, do Rio Grande do Sul, e ainda não recorreu da decisão.

*Fonte: TV Santa Cruz

Veja mais:
Cidade de Una está sem prefeito

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Criminalidade assusta moradores de Itapuã

 

27/02/2008 – 22h10m

 

Um dos bairros mais famosos pela beleza e qualidade de vida está se tornando um dos mais violentos de Salvador. Itapuã aparece com destaque nas estatísticas de três tipos de crime: assassinatos, assaltos a ônibus e roubo de carros.

Quem vive há muito tempo no bairro de Itapuã diz que o local está mudando. Muitos dos que moram no local tiveram que investir em equipamentos de segurança para tentar ter um pouco mais de tranqüilidade.

Na casa onde a famosa baiana de acarajé Cira vivia com a família, a quantidade de câmeras foi reforçada. Agora, no local, só funciona a fábrica de acarajé. A quituteira se mudou depois de dez assaltos.

Itapuã foi o terceiro bairro com o maior número de assassinatos no ano passado. Ficou atrás de Tancredo Neves e Periperi. Em ocorrências de assaltos a ônibus, Itapuã ficou em segundo lugar. Perdeu apenas para o bairro de São Caetano.

Em roubo de veículos, o bairro lidera. Quase quinhentos foram roubados no ano passado. ‘Muitos dos que assaltam usam drogas. É muito complicado para nós’, afirma um morador que não quis se identificar.

A associação dos moradores não quis conceder entrevista com medo de represálias e lembrou o caso do ambientalista Antônio Conceição, assassinado na porta de casa no ano passado.

Antônio Conceição era presidente do grupo ecológico Nativos de Itapuã. Ele lutava pela preservação da Lagoa do Abaeté e melhorias no bairro. Sete meses depois do assassinato dele, a polícia não tem pistas dos responsáveis.

*Com informações do BATV

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s