Varela Desiste e Apoia ACM Neto

 
 

ACM Neto ganha apoio de Varela

Lúcio Távora / Agência A Tarde

ACM Neto Ganha apoio de Raimundo Varela

Borges, Marinho, Neto e Varela oficializaram apoio

Mais uma chapa foi apresentada, nesta terça-feira, para concorrer à sucessão municipal de Salvador, com ACM Neto (DEM) na cabeça e bispo Márcio Marinho (PR) no cargo de vice,  aliados ao comunicador Raimundo Varela (PRB), que desistiu da pré-candidatura e decidiu apoiar o DEM. De uma única vez, ACM Neto conseguiu trazer para sua aliança dois partidos que foram bastante disputados pelas outras legendas que sairão com candidaturas nas eleições, inclusive pelo PT, do governador Jaques Wagner.

A coligação representada por ACM Neto tem oito partidos na sua formação: DEM, PR, PRB, PTdoB, PRP, PTN, PTC e PSDC. Isso já soma cinco minutos na TV durante a campanha. O PR tem cerca de 2 minutos de TV e nomes com votação significativa, como é o caso do bispo Marinho e Maurício Trindade, que tiveram 50 mil e 70 mil votos, respectivamente, nas últimas eleições.

Bispo Marinho deverá, ainda, ocupar a cadeira na Câmara dos Deputados no lugar do deputado federal Luís Carreira (DEM), que assumirá a coordenação da campanha de ACM Neto, já que o bispo da Universal do Reino de Deus (Iurd)  é o primeiro suplente.
Varela atribuiu sua desistência à falta de tempo na TV do PRB (somente 30 segundos).  “Não houve recuo, houve exercício da consciência. Sozinho ninguém vai fazer nada nessa cidade. Serei um ajudante de pedreiro na construção, não sei se subirei no palanque”, declarou.

O comunicador quase fecha acordo com o tucano Antonio Imbassahy (PSDB), com o qual sairia como vice e acabou recuando. Na época, informações de bastidores no meio político davam conta de que houve o veto do vice-presidente José  Alencar (PRB) ao acordo. “Não teve veto, é tudo mentira. O veto foi eu não querer ser vice”.

Negociação – O martelo teria sido batido para selar a união do DEM com PR e PRB na noite do último domingo, durante jantar no qual se encontraram César Borges, o vereador Sidelvan Nóbrega (PRB), ACM Neto e Márcio Marinho. Marinho vinha defendendo o tempo todo que apoiaria Raimundo Varela, como vice. Com a desistência do comunicador, o caminho ficou aberto para o bispo. Todo esse movimento acontecia ao mesmo tempo em que o PT tentava ampliar para o centro a frente formada por partidos de esquerda, como PCdoB e PSB, tentando atrair para seu lado PR e PRB.  

Um blog de política local postou um comentário dizendo que a negociação teria sido costurada diretamente pelo senador bispo Marcelo Crivella, do PRB. O argumento é o de que o PRB apoiando o DEM em Salvador, poderia obter força da legenda no Rio de Janeiro. ACM Neto nega. “Não conversei hora nenhuma com ele (Crivella)”.

Neto disse que o elo entre PR e PRB é o bispo Marinho, uma vez que ele é do PR, mas faz parte do segmento do PRB, no caso, a Iurd. O PRB não poderia indicar o bispo Marinho se desse sustentação à Varela. Agora, disse o deputado, os partidos irão discutir a arrumação nas chapas proporcionais. “Existe compromisso de ajustamento. Vamos discutir com com os colegas para deixá-los numa situação tranqüila de competitividade”.

Questionado sobre como fica sua relação com o governo estadual, César Borges disse que nada será alterado. “Não vim para essa coligação para fazer qualquer tipo de dificuldade ou oposição a Wagner. Manterei a posição de liberdade para os deputados que queiram apoiar o governo”.  A TARDE não conseguiu falar com o secretário Rui Costa (Relações Institucionais) para repercutir a união de PR e PRB, que são de da base de Lula e de Wagner, ao oposicionista DEM.

Anúncios

About the post

Notícias e política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s