Manda quem pode, obedece quem tem juízo

Prefeito pretende ter menos secretarias

Fonte: A tarde Online 28/10/2008 às 01:33

O prefeito João Henrique espera que a marca de sua próxima gestão no Palácio Thomé de Souza seja o aumento da arrecadação da cidade e a otimização no uso dos recursos. Para tanto, o peemedebista informa que vai realizar uma minirreforma do secretariado e vai contratar a consultoria do Instituto de Desenvolvimento Gerencial (INDG), famoso por assessorar o governo de Minas Gerais em 2004 para zerar um déficit público de R$ 2,4 bilhões no período de um ano.

Outra novidade é o início, em janeiro, dos cursos de treinamento dos guardas municipais para a retirada da licença de porte de armas. O prefeito lembra, no entanto, que precisa de uma licença do Ministério da Justiça para que os guardas possam começar a portar as armas nas ruas. A área de segurança pública deve contar com uma secretaria ou superintendência de prevenção à violência, em cumprimento ao acordo com o democrata ACM Neto, que apoiou João no segundo turno.

O prefeito disse que no mês que vem lança edital para a instalação de 24 câmeras de vigilância. Os recursos, de acordo com ele, já foram repassados pelo governo federal para os cofres municipais como parte do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). ACM Neto apelidou a iniciativa, em sua campanha, como Big Brother Bairro.

Ainda na área administrativa,  outra idéia do prefeito é enxugar a máquina pública com fusão de órgãos afins. “No primeiro mandato, fizemos isso quando criamos a Setin”, lembra, em alusão à secretaria oriunda da união das antigas pastas de Transportes e Infra-Estrutura. João Henrique disse que a mudança só deve ser definida depois do trabalho da empresa INDG, mas ainda não foi estabelecido prazo para o início das atividades . “Vamos contar com o serviço de uma equipe especializada. Antes disso não dá para definir o que vai mudar”.

O instituto que o prefeito pretende contratar tem à frente um dos “papas” da administração pública, o professor Vicente Falconi, cuja teoria de que “é possível fazer mais por menos”, balizou o choque de gestão no governo de Minas, teoria que João Henrique até tentou implantar no início desta administração.

De acordo com a assessoria de imprensa do INDC, houve diminuição do número de secretarias de 21 para 15 no governo de Minas, além de extinção de superintendências e diretorias, totalizando um corte de três mil cargos de confiança. Outra medida foi a centralização da folha de pagamento, o que  permitiu combater fraudes e identificar mais de 4.500 casos de servidores que tinham remunerações indevidas, além de uma nova política de compras governamentais.

DEM e PT – João Henrique confirmou o cumprimento do acordo com o DEM para implantação de uma agenda programática com quatro planos: a criação de um órgão para gerir a segurança, a implantação da escola em tempo integral e de ações voltadas para a saúde da mulher, idosos e crianças, além do agenda família (um cadastro para que os beneficiários do Bolsa Família participem de outros programas sociais). Sobre a entrada do antigo partido adversário na administração, o prefeito declarou: “Estamos analisando, mas o compromisso foi programático”.

Nesta terça-feira, 28, o prefeito se encontra, pela primeira vez com o governador Jaques Wagner depois das eleições. Ambos recepcionam o presidente Luiz Inácio Lula da Silva em  visita a Salvador. Sobre a relação com Wagner – com quem trocou farpas na semana passada –, João disse que o assunto estava superado. “Não guardo ressentimentos. Essas coisas da política a gente tem que superar o mais rápido possível”, disse. Questionado se defende que seu partido (PMDB) lance candidato próprio ao governo do Estado em 2010 ou apóie Wagner, João disse que ainda é muito cedo para se tratar do assunto.

 

Anúncios

About the post

Informe Geral

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s