Prefiro carnaval que merenda para esses pobres analfabetos.

 

 

13/02/2009 às 23h15min

Gravação da Agência Brasil desmente prefeito

Patrícia França, do A TARDE

______________________________________________________________________________________________________________________________________________

  Fernando Amorim/Agência A TARDE

 

 

João fez afirmações que geraram indignação entre políticos

 

 

Depois de acusar o governador Jaques Wagner (PT) e o ex-governador Paulo Souto (DEM) de nunca terem ajudado na organização do Carnaval de Salvador, o prefeito João Henrique Carneiro (PMDB) divulgou nota, nesta sexta-feira, 13, negando a entrevista que deu à Agência Brasil, na última quarta-feira, na qual afirma que deixava de pagar a merenda escolar e remédios para os postos de saúde para bancar a festa momesca, cujo orçamento está estimado em R$ 30 milhões.

Assim que soube da polêmica, a Agência Brasil colocou no seu site a íntegra da entrevista concedida por João Henrique (clique aqui e ouça a entrevista).

Na entrevista concedida à jornalista Luciana Lima, o prefeito explica a dificuldade para captar recursos privados e fala da contratação do consórcio Tudo-OCP, coordenado pelo publicitário Nizan Guanaes que só vendeu R$ 5,55 milhões em cotas de patrocínio. João diz textualmente: “O que acontecia: a gente acabava deixando de pagar a merenda escolar, os remédios dos postos de saúde para pagar as despesas do Carnaval”.

Explicação – O desmentido do prefeito não sensibilizou a bancada da oposição na Câmara Municipal, que  decidiu convocar os secretários da Saúde, José Carlos Brito, e da Educação, Carlos Ribeiro Soares, para prestarem esclarecimentos.

“É uma temeridade um gestor que utiliza recursos da saúde e da merenda, que são carimbados, para o Carnaval”, protestou a líder da minoria, vereadora Aladilce Souza (PCdoB). No ano passado, lembra ela, o município viveu uma crise grande de falta de medicamentos nos postos de saúde. “São R$ 7,10 por habitante repassados anualmente pelo governo federal, estadual e mais o orçamento municipal só para a aquisição de remédio. É preciso que o secretário diga quanto foi desviado  para atender o Carnaval”.

Na nota distribuída pela assessoria da Prefeitura de Salvador é dito que “ ao contrário do que foi veiculado por parte da Imprensa, o prefeito João Henrique jamais pensou na possibilidade de desviar recursos da educação e da saúde para cobrir despesas do Carnaval”.

Na tentativa de João apagar o incêndio causado pelas suas declarações – as quais atingiram o ex-prefeito Antonio Imbassahy (PSDB) e os blocos de trios, acusados de lucrarem com o festa, mas pagarem taxa mínima –, o prefeito afirma que saúde e educação sempre foram prioridades da sua administração.

Apesar da dificuldade financeira, João ameniza e diz que “a prefeitura está preparada para oferecer a infraestrutura de serviços necessária para os foliões, blocos, artistas e todos aqueles que trabalham na folia, personagens que fazem alegria da festa”.

Solidariedade – A bancada do PT na Câmara Municipal também emitiu nota em solidariedade ao vereador Henrique Carballal, que disse à imprensa que o governo do Estado estava investindo cerca de R$ 45 milhões no Carnaval, dado depois confirmada pelo governador Jaques Wagner (PT).

Em nota da assessoria a um site, Carballal, que é vereador em primeiro mandato, é acusado de ter iniciado  “mal na vida pública, tentando agradar o PMDB, paparicando o governador, criticando o PT, tentando se aproximar do DEM”.

A nota, em que a prefeitura fala em “reação orquestrada”, atinge também o ex-prefeito Imbassahy e o deputado federal Jutahy Magalhães Jr (PSDB), que havia chamado João de “irresponsável confesso”, por admitir o desvio de verba da saúde e educação.

Anúncios

About the post

Informe Geral

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s