Será que isso resolve a situação do sistema prisional do Ceará?

23/3/2012 – Vigilância eletrônica
A Secretaria de Justiça e Cidadania do Estado do Ceará (Sejus) decidiu instalar um sistema de vigilância de última geração no mais novo presídio do Estado, a Penitenciária de Segurança Máxima Francisco Hélio Viana de Araújo, localizada na cidade de Pacatuba: o projeto conta com câmeras de monitoramento inteligentes, para funcionarem 24 horas por dia. Com capacidade para abrigar até 540 presos em regime fechado, o presídio foi finalizado em novembro com o objetivo de amenizar o problema da superlotação nas delegacias de Fortaleza.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s