Beneficiado do Minha Casa, Minha Vida trabalha na construção do seu próprio lar

30/07/2013 10h45m – Atualizado em 30/07/2013 10h45m

Beneficiado do Minha Casa, Minha Vida trabalha na construção do seu próprio lar

Livrar-se do aluguel e ter a casa própria é o sonho de muitos brasileiros, uma vez que o dinheiro gasto com aluguel pode ser destinado às parcelas de um financiamento do imóvel próprio. Além disso, boas condições de moradias influenciam diretamente na saúde, nutrição e educação da população. Porém, esse é um feito ainda distante […]

Livrar-se do aluguel e ter a casa própria é o sonho de muitos brasileiros, uma vez que o dinheiro gasto com aluguel pode ser destinado às parcelas de um financiamento do imóvel próprio. Além disso, boas condições de moradias influenciam diretamente na saúde, nutrição e educação da população.

Porém, esse é um feito ainda distante para boa parte da população brasileira. Cálculos do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), órgão vinculado à Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, estimam que o déficit habitacional seja de 7,9 milhões de moradias.

Por isso, a história de Flacilo Filho, 28 anos, pode ser considerada uma grande conquista pessoal. Almoxarife de obras, ele é um dos beneficiados do Programa Minha Casa Minha Vida, do governo Federal, e receberá seu primeiro imóvel em 2015. Mas um dos grandes diferenciais é que ele trabalha na construção da sua própria moradia. A cada parede levantada na obra, Flacilo vê seu sonho tomando forma.

Flacilo deu início ao sonho da casa própria com a aquisição de um imóvel em 2011, por meio do programa Minha Casa Minha Vida, em Belo Horizonte.

Neste ano, com sua transferência para uma obra em Montes Claros, ele alterou a compra para um imóvel na cidade em que começou a trabalhar.

O almoxarife de obras tem outro sonho: casar e construir uma família. Ele acredita que a casa própria é um primeiro passo nessa direção, pois é uma segurança e um investimento que vai ficar para outras gerações.

O projeto conta com apartamentos de dois quartos distribuídos em 15 torres de 5 andares e é localizado no bairro Belvedere II, em Montes Claros. Para ele, ter um imóvel é uma necessidade primordial. “O aluguel é um dinheiro que não tem retorno, por isso sempre busquei ter a casa própria”, conta.

Para quem também tem esse sonho, Flacilo aconselha: “É questão apenas de se organizar e planejar, pois é um investimento que vale a pena. Quando se quer algo, é preciso focar para acontecer”, explica.

Dados sobre habitação

As condições de moradias influenciam diretamente na saúde, nutrição e educação da população. A questão econômica também pesa: o dinheiro gasto com aluguel pode ser destinado às parcelas de um financiamento do imóvel próprio.

Porém, esse é um feito ainda distante para boa parte da população brasileira. Cálculos do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), órgão vinculado à Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, estimam que o déficit habitacional seja de 7,9 milhões de moradias.

Uma casa precária facilita doenças e desolação, ao invés de ser um espaço de conforto e segurança.

As condições de vida e o êxito educacional são ingredientes de redução da pobreza e de crescimento econômico nas cidades.

A satisfação com a vida pode ser definida em termos gerais como o nível de felicidade de uma pessoa com todos os aspectos da vida (Campbell 1976). É natural que as casas em que as pessoas vivem e seus bairros sejam fatores fundamentais para sua felicidade.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s